Um Ano de Canadá

A exatamente um ano atrás nós chegamos no Canadá como Residentes Permanente. Embarcamos no aeroporto de Florianópolis com destino final Vancouver.

Ainda antes de vir eu tinha conciencia das dificuldades os imigrantes tem no início de vida. As variáveis "tempo" e "dinheiro" passaram a ser preocupações constantes nos primeiros meses. Quando chegamos foi tudo novidade, muito coisa para resolver, documentos para tirar, procurar apartamento, cursos do governo e no tempo livre aplicar para algum trabalho. Logo nas primeiras semanas a Amanda começou a trabalhar, com isso o inglês dela melhorou muito em pouco tempo, coisa que nunca iria acontecer se ela tivesse escolhido estudar inglês nos cursos do governo. O meu trabalho full-time era fazer entrevistas e aplicar para as vagas de trabalho. No final do terceiro mês consegui um trabalho fora da minha área, mas continuava aplicando para algumas vagas de TI em Vancouver. No quarto mês veio a grande mudança. Uma empresa em Calgary me convida para trabalhar na minha área e exatamente com o que eu queria, analista SAP. Voltar a trabalhar com o que eu fazia e ter a expectativa de construir uma vida como gostaríamos, era mais importante do que a cidade que escolhemos no início, então aceitei a proposta e mudamos novamente. Para glória de Deus, hoje eu e a Amanda estamos trabalhando na nossa área e posso dizer que conseguimos chegar em uma posição melhor do que a que deixamos no Brasil.

Durante este primeiro ano de Canadá, vimos que imigrar significa perder muitas coisas que fazem parte do dia-a-dia no Brasil. Muitos imigrantes deixam de ter faxineira, cozinheira, passadeira, baba, salão para as mulheres, etc, mas analisando bem, o baixo custo e a facilidade que o povo do Brasil tem para estes serviços é a raiz de um dos maiores motivos porque deixamos o Brasil: Desigualdade Social e a Violência. Ex: A faxineira não ganha o suficiente para pagar as contas de casa e dar educação aos filhos, com isso o filho entra na criminalidade e depois é o filho da faxineira que mata na frente do salão a mulher que acabou de fazer a unha (isso foi uma história real que aconteceu em Recife a poucos meses). Todos querem ter estes serviços pagando pouco mas ninguém quer desigualdade social ! Isso se tornou um ciclo no Brasil e eu sou inconformado com este sistema.

No Canadá um encanador as vezes ganha tão bem quanto um engenheiro. Aqui não existe esta desigualdade. Então afinal, saimos ganhando ou perdendo porque deixamos de ter estas mordomias ? Para mim, saimos ganhando e junto ganhamos segurança, vida mais justa, menos corrupção, educação pública de qualidade para os filhos, etc. Ainda no Brasil podemos ver algo semelhante. No sul os serviços são bem mais caros do que no Nordeste, quase ninguém tem a "D. Chica" em casa, a desigualdade social é bem menor, com isso vemos menos violência, estradas descentes(ex. BR-101 que liga PR a SC), a educação pública tem qualidade no interior de SC e do PR, etc. Pena que o mesmo não se repete para o resto do país.

Meu conselho para os futuros imigrantes é que saibam porque estão deixando o país e tenham conhecimento do que o espera no Canadá. Ter a expectativa de que a sua alegria está no Canadá ou que você não terá dificuldades por aqui podem te levar a frustração em poucos dias. Seja feliz no Brasil, assim você poderá ser mais feliz ainda no Canadá. Alguns conseguem sucesso mais rápido do que os outros, mas a dificuldade no início é a mesma para todos. As minhas maiores dificuldades foram a saudades da família, procurar um trabalho na minha área e ver o dinheiro só saindo (ou entrando menos do que saia) mas a realização de saber que estavamos morando aonde eu queria era maior do que estes problemas então posso dizer que valeu a pena ter passado por tudo que passamos.

"Ora, àquele que é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo quanto pedimos, ou pensamos, conforme o seu poder que opera em nós…"
Efésios 3.20

Não Faz Sentido !

Depois das Férias


Geralmente depois das férias eu fico planejando e aguardando as próximas férias. No Brasil eu teria que esperar pelo menos um ano para sair de novo, mas não aqui no Canadá ! Para entender sobre as férias no Canada, leia este post. Minha mãe está vindo próximo mês e já tirei uma semana, fora mais uma semana em Dezembro para o Natal...

Nestas férias fomos para a Califórnia. Conseguimos aproveitar bastante as duas semanas. Visitamos San Diego, Los Angeles, San Francisco e Yosemite Park. As duas últimas eu não conhecia, e gostei muito. Na última vez que visitei San Diego, eu ainda morava no Brasil e tive que viajar 17hrs para chegar. Esta é a cidade que mais gosto na Califórnia e ficava imaginando o dia que poderia pegar um vôo morando no Canadá e passar férias na Califórnia. Graças a Deus este dia chegou. Apesar de Calgary ter vôos diretos para San Diego (3hrs de vôo), no dia, foi mais econômico fazer conexão em Vancouver (total 4hrs de vôo).

Comentário sobre as cidades que visitamos:

San Diego: Clima perfeito o ano inteiro, a cidade e as praias são lindíssimas, outlets enormes para compras e excelente estrutura para turismo. Melhor opção para quem mora na costa oeste do Canadá e gosta de surf, sol e praia. A cidade não é grande, quase não tem transito e fica 2h de carro para Los Angeles.
Destaques: Coronado Island, Mission Beach, Premium Outlets Las Americas.

Los Angeles: A cidade é gigante e não tem muita beleza, mas os bairros próximos são de ficar babando: Bevely Hills, Hollywood, Malibu e Santa Monica foram os meus preferidos. Creio que o transito seja um dos piores nos EUA, chegamos a pegar transito de uma hora quase 11h da noite.
Destaques: Parque Universal Studios em HollywoodCityWalk (rua com vários restaurantes, lojas, bar, estilo Downtown Disney).

San Francisco: A cidade é enorme e estilo mais antigo. Downtown lembra muito New York, ruas com várias lojas de marca, muito turista, prédios antigos e muito homeless pedindo um trocado. Recomendo visitar sabendo antes quais são os pontos turísticos da cidade, porque não tem como ficar andando na rua por ser tudo longe.
Destaques: Golden Gate Bridge, Lombart Street, Pier 39 e Painted Ladies.

Yosemite Park: Este é parque nacional mais famoso dos EUA. Yosemite Park fica a 3hrs de San Francisco e é conhecido pela beleza natural das montanhas, lagos, cachoreiras e árvores gigantes (Sequoia).

Para quem gosta da Disney, ainda pode vistar a Disney California que fica na cidade de Anahein, 30min de Los Angeles. Para quem não sabe, o parque começou na California e depois de alguns anos foi construido uma réplica em Orlando, só que bem maior. Vale a pena visitar, fomos em 2008 e gostamos. Pertinho de San Diego também tem o gigante parque da Lego, Legoland.

 
Supernatural Canada © 2013